BrasilParaná

Estudantes desenvolvem aplicativo para estudo do Universo

Premiado em diversas feiras de ciências regionais e nacionais, app está em fase de modernização e a intenção é disponibilizá-lo nas plataformas do App Store em 2022. (Foto: AEN)

Alunos da Sala de Recursos para estudantes com altas habilidades e superdotação do Colégio Estadual Monteiro Lobato, no município de Sertanópolis, no Norte do Paraná, estão desenvolvendo um aplicativo que ajuda a descobrir o universo e os astros – é o Astro Quiz.

Leandro Nunes está no 3º ano do Ensino Médio e é aluno da Sala de Recursos. Ele disse sempre foi apaixonado por conhecer mais a respeito do universo. Seu grande objetivo é criar um projeto científico que possibilita às pessoas a entenderem mais a respeito do espaço.

Potencial – Em 2018, orientado pela professora Francislene Ramos, Leandro participou de uma feira científica com sua colega Caroline Bavati de Campos. Juntos, decidiram criar um projeto que ajudasse estudantes a aprender mais sobre os astros. A ideia deu tão certo que em 2019 produziram o aplicativo e agora, em 2020, estão testando o app em diferentes plataformas para o uso de mais alunos.

Inovação – A aluna Carolina, que também é da sala de Altas Habilidades, afirma que o Astro Quiz tem um diferencial quando comparado a outros projetos acadêmicos de estudo dos astros. “Nós já encontramos aplicativos parecidos com o nosso. Porém, não apresentam todas as funções que este. Esse foi mais um motivo para iniciarmos esse projeto, agregar mais funções nele”, explica a estudante.

A ferramenta ainda está em fase de testes. Seu atual modelo está em processo de avaliação e modernização e o plano é disponibilizá-lo nas plataformas do App Store já em 2022.

Reconhecimento – O projeto científico Astro Quiz já ganhou diversos prêmios em várias feiras de ciências regionais e nacionais, entre as quais a FIciências, em Foz do Iguaçu, em 2018; a Feira Paranaense de Ciência e Tecnologia – Feparcit, em Cascavel (2019); a feira Mocica, no Ceará (2019); o Sitec, Simpósio Interativo de Londrina (2019) e o Prêmio Respostas para o Amanhã, da Samsung (2020).

Com informações da AEN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.