Paraná

Médica que desapareceu no Rio Grande do Sul é resgatada pela polícia em cativeiro no Paraná

Tamires é filha de Berto Silva, prefeito de Laranjeiras do Sul (PR), e estava desaparecida desde sexta-feira. Ela foi resgatada no fim da noite desta quarta em Cantagalo (PR), e 3 pessoas foram presas na hora e uma quarta pessoa foi presa no começo da tarde. (Foto: Reprodução/Facebook)

médica Tamires Gemelli Silva Mignoni, que estava desaparecida desde a sexta-feira (16), foi resgatada na noite de quarta-feira (22) em um cativeiro no município de Cantagalo, na região central do Paraná.

Segundo a polícia, ela foi sequestrada ao sair de um posto de saúde no bairro Aldo Airolli, em Erechim (RS), onde trabalhava.

Foram presos dois homens e uma mulher, na operação que foi comandada por uma equipe do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), da Polícia Civil.

A polícia informou que a médica foi levada ao cativeiro em seu próprio carro, um Equinox, na tarde da sexta-feira. O veículo foi abandonado próximo a uma fábrica a cerca de 6 quilômetros da unidade de saúde. Outros dois automóveis, que podem ter relação com o sequestro, foram localizados pela polícia.

Tamires é filha do prefeito de Laranjeiras do Sul (PR), Berto Silva. Ele se manifestou sobre o resgate em uma rede social. O prefeito disse ainda que Tamires está bem e que deve passar por tratamento psicológico.

“O dia mais emocionante de nossas vidas! Obrigado a todos pelas orações, apoio e carinho. Tamires está livre”, disse Berto Silva, na conta dele no Facebook

Quatro presos – No começo da tarde, o Olho Aberto Paraná informou que os trabalhos da polícia continuam mesmo após o resgate de Tamires. 

Hoje (22) pela manhã, a mulher do vigilante de banco que seria o mentor do sequestro, também foi presa. A justiça de Erechim tinha decretado a prisão após descobrir o envolvimento dela com o sequestro. Agora os quatro estão presos em Erechim (RS). 

Com informações do G1 Paraná e do Olho Aberto Paraná 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *