BrasilParaná

Na quinta visita ao Paraná como presidente, Bolsonaro assina pacote de obras financiadas pela Itaipu

Os convênios foram assinados durante inauguração da Pequena Central Hidrelétrica Bedim, em Renascença (PR). (Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional)  

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, anunciou e autorizou, nesta sexta-feira (6), em Renascença (PR), uma série de ordens de serviços de obras que serão financiadas pela margem brasileira da usina de Itaipu – entre elas, a restauração, implantação e pavimentação da BR-487, a Estrada Boiadeira, antigo sonho de ligação do Paraná à Rota Bioceânica.

Os convênios foram assinados durante inauguração da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Bedim, em Renascença. O evento é também simbólico para a Itaipu, pois marca a inauguração de uma produtora de energia que vai movimentar a economia com a geração direta e indireta de empregos – da mesma forma que a binacional, que, em maior escala, também tem esse papel, indo além da sua atividade-fim (gerar energia).

A cerimônia reuniu ainda o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes; o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça; o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior; o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna; e o diretor de Coordenação da usina, general Luiz Felipe Carbonell, entre outras autoridades.

Convênios – Também foram assinados os planos de trabalho de outros três convênios: supervisão, implantação e pavimentação da Rodovia BR-163 (contorno de Guaíra); execução das obras de adequação de capacidade da Rodovia BR-163 (contorno Oeste de Cascavel); e a revitalização da Ponte Ayrton Senna, em Guaíra.

No total, o pacote de obras financiadas pela margem brasileira de Itaipu reúne 31 empreendimentos, com investimentos de mais de R$ 1,4 bilhão, provenientes de recursos realocados em um ano e oito meses, desde que o general Joaquim Silva e Luna assumiu a Diretoria Geral Brasileira da empresa. Somente o termo de compromisso para as quatro obras (na Estrada Boiadeira, contorno de Cascavel, contorno de Guaíra e Ponte Ayrton Senna) assinado nesta tarde de sexta-feira somam R$ 417,38 milhões em recursos da Itaipu.

Parceria em infraestruturaDurante a solenidade, o presidente Jair Bolsonaro ressaltou o “ótimo relacionamento com o governador Ratinho Júnior”. “Inclusive tenho na Itaipu não apenas um diretor, mas alguém que atua também como um ‘secretário do governador Ratinho'”, disse, referindo-se ao diretor-geral brasileiro, Joaquim Silva e Luna, e às parcerias envolvendo a usina e o governo do Paraná. “O general foi a melhor escolha que poderia ter feito para o cargo. Tem pulso firme e tem feito um trabalho de excelência. Por isso está dando resultado.”

O governador Ratinho Junior destacou o fato de o Paraná “ser o estado mais visitado pelo presidente” e boa relação como governo federal. 

Silva e Luna lembrou que “contribuir com o desenvolvimento sustentável no Brasil e no Paraguai é parte da missão institucional da Itaipu”.

“E essa missão vem sendo cumprida à risca também por meio do apoio às obras estruturantes. Tudo isso com foco na eficiência da gestão e na alta produtividade da atividade fim (geração elétrica), sem aumento da tarifa de energia”, afirmou.

Com informações da Itaipu/BR 

Um comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.