Sem categoria

Chute Para o Futuro recebe 200 pares de tênis de campanha Doe Gols

Campanha foi organizada pela Liga Iguaçuense de Futsal. (Foto: Kiko Sierich)

Cerca de 30 meninos em treinamento na escolinha de futsal Um Chute Para o Futuro alimentavam há algum tempo o sonho de participar dos campeonatos promovidos pela Liga Iguaçuense de Futsal – Lifs. Enfim, em 2018, foi possível inscrever quatro equipes do projeto no Campeonato Citadino. As dificuldades eram enormes para bancar as taxas de arbitragens, transporte dos jogadores, falta de uniformes e apenas 12 pares de tênis para serem utilizados por todos os jogadores da escolinha durante a competição.

“Na época eu era bem menor e usava um tênis dois números maior que o meu pé, mal conseguia pisar direito. Lembro que quando chutava a bola saia sem direção. Agora poderei jogar sem medo e com certeza o meu jogo vai melhorar bastante”, afirma o pequeno Flávio Martins, hoje com 11 anos, um dos destaques daquele time sub 9 que se consagrou Campeão Citadino na Chave Prata, de 2018.

Os recortes dessa emocionante história, digna de um filme, possibilitou ao Projeto Um Chute Para o Futuro o recebimento de 200 pares de tênis. Conforme explica Goreti Milioli, uma das coordenadoras do instituição social iguaçuense, por meio da campanha Doe Gols promovida pela SporTv, Centauro e Play For A Cause, que para cada gol marcado no Campeonato Brasileiro de Futebol são doados três pares de tênis a projetos sociais selecionados em todo país.

“Durante a entrevista com os representantes da Doe Gols eu relatei sobre nossas dificuldades para participar dos campeonatos locais, principalmente a falta de tênis nos dias de jogos. Entre tênis de passeio e de futsal nos mandaram 200 pares, um para cada participante nosso projeto”, comemora Goreti.

A entrega aconteceu na manhã da última sexta-feira, 6 de novembro, na sede do projeto social localizada no bairro Porto Belo.

O projeto – O Projeto Um Chute Para o Futuro atende cerca de 210 crianças entre 6 e 17 anos em situação de vulnerabilidade. Além do futsal, oferece cursos de artesanato, informática, natação, judô, karatê, dança e iniciação à canoagem. O projeto é mantido pelo trabalho voluntário e doações, além de convênios com instituições públicas e privadas.

O coordenador Ronaldo Cáceres ressalta que a manutenção e desenvolvimento do projeto só é possível graças ao apoio e trabalho de muitas pessoas e empresas.

Com assessoria do Um Chute Para o Futuro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.