Paraná

PSS da Educação registra 12 mil inscritos e prazo encerra na segunda-feira (23)

Os interessados podem se inscrever até as 18h de segunda-feira (23). (Foto: AEN)

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte registrou nesta quarta-feira (18) 12 mil inscritos no edital do Processo Seletivo Simplificado (PSS). O processo conta com candidatos de todas as regiões do Brasil e os dados são do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), empresa responsável pelo PSS 2021.

O processo prevê a contratação de pelo menos 4 mil profissionais para lecionar no ano letivo de 2021, com possibilidade de ampliação. Os interessados podem se inscrever até as 18h do dia 23 de novembro no link do Cebraspe.

Alterações – Neste ano, o processo seletivo tem algumas mudanças. Será aplicada uma prova de conhecimento da área em que o candidato se inscreveu e em que pretende dar aula. O tempo de serviço e a prova de títulos – critérios utilizados em anos anteriores – continuam compondo parte importante do processo de seleção.

Cada candidato deve se inscrever em apenas um Núcleo Regional de Educação (NRE), podendo optar por até dois municípios do núcleo. Na sequência, é permitido escolher uma ou duas funções, disciplinas, áreas do conhecimento ou eixos da educação profissional. 

Para participar, os candidatos deverão pagar taxa que varia de R$ 60 (para uma disciplina) a R$ 105 (para duas disciplinas).

As provas serão aplicadas em 13 de dezembro nas cidades-sede dos Núcleos Regionais de Educação. 

Títulos – Para facilitar as inscrições, o candidato deverá cadastrar seus documentos em ambiente virtual, que vai permitir anexação dos títulos. Esses documentos vão representar até 40 pontos do processo de seleção. A prova de títulos vai compreender também o tempo de serviço. 

A realização da prova seguirá todo o protocolo de segurança determinado pela Secretaria de Estado da Saúde. A classificação do profissional do grupo de risco está garantida e mantida. Ele será chamado assim que acabar a situação emergencial da pandemia.

Com informações da AEN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.