BrasilParaná

Receita Federal apreende veículo carregado com vinhos importados

A Alfândega da Receita Federal do Brasil apreendeu nesta sexta-feira (20), por volta das 2h, um veículo carregado com vinhos estrangeiros em Santo Antônio do Sudoeste (PR). (Foto: Receita Federal)

Após uma denúncia anônima, equipes da Receita Federal localizaram e acompanharam a movimentação do veículo suspeito. O motorista seguiu para para um bairro da cidade e foi detido quando se preparava para entrar no pátio de uma residência.

Dentro da casa, havia um casal que aparentemente aguardava a chegada do veículo, entretanto quando eles perceberam a presença dos servidores, alegaram que não conheciam o condutor e nem o passageiro do automóvel.

Durante a vistoria, a equipe encontrou cerca de 52 caixas de vinhos importados, avaliados em aproximadamente R$ 25 mil. A mercadoria e o veículo foram apreendidos. O motorista e o passageiro foram qualificados e liberados, porém serão enviadas Representações Fiscais para Fins Penais ao Ministério Público para apuração dos ilícitos.

Alerta – De acordo com a Receita Federal, bebidas clandestinas estão sujeitas à fraude e podem conter substâncias prejudiciais à saúde do consumidor, como o excesso de metanol que pode causar cegueira. Além de promover a concorrência desleal entre estabelecimentos comerciais e causar danos ao erário.

Denúncias – A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio dos números (45) 9.9152-2036 e (45) 9.9134-0100.

Operação – Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

Com informações da Alfândega da Receita Federal de Foz do Iguaçu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *