Paraná

Centro de Zoonoses encontra mais um morcego infectado pelo vírus da raiva em Foz

Foi o 13º morcego diagnosticado com a raiva em Foz do Iguaçu. (Foto: Reprodução)

Centro de Controle de Zoonoses de Foz do Iguaçu confirmou nesta segunda-feira (23) que mais um morcego recolhido na rua deu positivo para a raiva. O morcego foi encontrado no Jardim Eliza.

Vacinação – A vacinação anual de cães e gatos é a maneira mais eficaz de prevenir  a doença nos animais. Procure um médico-veterinário de sua confiança e atualize as vacinas do seu pet.

Contato – Evite contato direto com os morcegos. Se você teve contato procure imediatamente a UPA João Samek.

Se algum pet teve contato direto com morcego, ou se você encontrar algum morcego caído, morto ou doente, a orientação é entrar em contato com o CCZ pelos números: (45) 99997-4448 e (45) 3524-5838. 

A raiva –  De acordo com o Ministério da Saúde, a raiva é uma zoonose (doença que passa dos animais ao homem e vice-versa) transmitida por um vírus mortal tanto para o homem como para o animal. Envolve o sistema nervoso central, levando ao óbito após curta evolução.

Transmissão – A transmissão da raiva ocorre quando os vírus da raiva existentes na saliva do animal infectado penetram no organismo através da pele ou de mucosas, por meio de mordedura, arranhadura ou lambedura. A raiva apresenta três ciclos de transmissão: urbano (representado principalmente por cães e gatos); rural (representado por animais de produção, como: bovinos, equinos, suínos, caprinos) e silvestre (representado por raposas, guaxinins, primatas e, principalmente, morcegos).

Sintomas – Em todos os animais costumam ocorrer os seguintes sintomas: dificuldade para engolir; salivação abundante; mudança de comportamento; mudança de hábitos alimentares; paralisia das patas traseiras. 

Nos cães, o latido torna-se diferente do normal, parecendo um “uivo rouco”, e os morcegos, com a mudança de hábito, podem ser encontrados durante o dia, em hora e locais não habituais.

Com informações da PMFI e da Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.