ArgentinaBrasilParaná

Projeto Onças do Iguaçu comemora o Dia Nacional da Onça com vários parceiros e ações virtuais

A comemoração começa nesse sábado com o lançamento da campanha Deixe o Bicho no Mato. (Foto: Divulgação)
Muitas vezes filhotes de animais silvestres ficam sozinhos no mato, enquanto a mãe sai. Dependendo da idade dos filhotes, a ausência da mãe pode durar de algumas horas até mais de um dia. Isso não significa que eles foram abandonados. E muitas vezes, na tentativa de ajudar, as pessoas acabam resgatado os bichos que são levados para órgãos ambientais ou zoológicos.

A coordenadora do Projeto Onças do Iguaçu, Yara Barros, diz que “infelizmente, isso prejudica os bichinhos, que geralmente ficam impossibilitados de voltar para a natureza”.

A Campanha – A campanha #DeixeoBichoNoMato é uma estratégia nacional para tentar reduzir o número de filhotes de mamíferos silvestres que são retirados da natureza e precisam ser mantidos em cativeiro o resto da vida.

Live – Na live deste sábado (28) os integrantes do projeto vão falar sobre os aspectos da campanha e também vão destacar a importância de não retirar os filhotes do mato, permitindo que a mãe cuide da prole, aumentando as chances de sucesso desses animais na natureza.

Também serão abordadas as iniciativas relacionadas aos Planos de Ação Nacional para a Conservação das Espécies Ameaçadas, as perspectivas das instituições que recebem os filhotes e os comportamentos na natureza. Para acompanhar a Live é só clicar aqui: #DeixeoBichoNoMato 

Festa da Onça – E no domingo (29), em comemoração ao Dia Nacional da Onça-Pintada, que agora é Dia Internacional da Onça-Pintada, uma festa virtual vai apresentar muitas informações sobre esse gato que é Símbolo Brasileiro de Conservação da Biodivesridade. 

A programação começa às 10h e segue até às 17h, com a participação de todos os integrantes do Projeto Onças do Iguaçu, de representantes do ICMBio, do Pró-Carnívoros, do WWF Brasil, da Rede Pró-UC, e também do Proyeto Yaguaretá, da Argentina. Todos são parceiros nas ações de pesquisa e conservação das onças. 

Yara Barros adiantou que às 17h de domingo, os integrantes do projeto também irão anunciar uma novidade que vai animar os apaixonados por onças. “Acompanhem porque vem notícia muito boa por aí”, garantiu a coordenadora do Projeto. 

O Projeto – O Projeto Onças do Iguaçu é uma ação institucional do Parque Nacional do Iguaçu, que tem como missão a conservação da onça-pintada, como espécie-chave para a manutenção da biodiversidade na região do Parque. 

A onça-pintada – A onça-pintada é o maior felino das Américas, e o terceiro maior felino do mundo, depois do leão e do tigre. A potência de sua mordida considerada a maior dentre os felinos de todo o mundo. 

No Brasil a onça-pintada está listada como Vulnerável, mas o status de conservação varia em cada bioma. Na Mata Atlântica a espécie está criticamente ameaçada. Estima-se que uma redução populacional de pelo menos 50%, provavelmente mais próxima a 87-90%, ocorreu nos últimos 10-15 anos na maior população de onças-pintadas da região do Alto Paraná. 

Saiba mais – Para seguir o Projeto Onças do Iguaçu, conhecer os trabalhos desenvolvidos e os animais já fotografados no Parque Nacional, você pode entrar na página oficial do Facebook, no Instagram, no YouTube ou na página do Projeto Onças do Iguaçu

Com informações do Projeto Onças do Iguaçu 

Um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *