BrasilParaná

UNILA aprova ensino remoto em 2021 para reposição das aulas de 2020

A Comissão Superior de Ensino da UNILA publicou duas resoluções que estabelecem e regulamentam o ensino remoto no ano de 2021, para reposição das aulas referentes ao primeiro semestre de 2020 na graduação e na pós-graduação. As datas do calendário acadêmico ainda precisam de aprovação do Conselho Universitário. (Foto: UNILA)

As resoluções permitem autorização de algumas atividades presenciais, dependendo das condições de segurança sanitária, do cenário epidemiológico da pandemia de Covid-19 e com a liberação das autoridades competentes. No caso da Graduação, a Resolução indica que poderão ser realizadas presencialmente apenas atividades de “componentes curriculares que utilizem laboratórios e outros espaços especializados, atividades de campo ou visitas técnicas”, respeitando os protocolos de biossegurança vigentes.

Avaliação – Em 2020 todos os 29 cursos de graduação da UNILA ofertaram disciplinas por meio do Ensino Remoto Emergencial, totalizando 370 turmas, o equivalente a 39% das turmas de um período regular. Foram matriculados 2.838 estudantes (53,6%), e 264 docentes (66,7%) ministraram aulas. Estas são algumas das informações disponíveis no relatório produzido pela Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), com as principais ações e dados quantitativos do ensino de graduação e pós-graduação durante o período especial emergencial, que começou em setembro e tem término previsto para 23 de dezembro. O relatório subsidiou as discussões para a retomada do período letivo 2020.1. O documento na íntegra está disponível AQUI. 

O relatório também mostra que, entre os estudantes que fizeram as disciplinas ofertadas, 308 concluíram ou estão realizando componentes curriculares de trabalho de conclusão de curso durante o período especial emergencial.

Até o dia 12 de novembro, 50 estudantes de 12 cursos concluíram a graduação; e outros 118, de 24 cursos, podem finalizar os estudos até o dia 23 de dezembro.

Na pós-graduação, 73 docentes ofertaram disciplinas neste semestre. Dos 334 estudantes que necessitavam integralizar créditos em componentes curriculares da pós-graduação em 2020, 297 participaram do período especial.

Para o pró-reitor adjunto de Graduação, Hermes Schmitz, os resultados obtidos com o ensino remoto emergencial neste semestre são positivos e mostram que esse “foi um passo importante”.

Com informações da UNILA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.