Brasil

Região central de São Paulo (SP) vira “zona de guerra”

Grupos quebraram vidros de carros e saquearam motoristas na terça-feira (8), na região central da capital paulista, que concentra diversos usuários de drogas. (Fotos: Reprodução/Bom Dia São Paulo) 

Vídeos gravados por moradores da Alameda Nothmann e na Rua Helvétia, no Centro de São Paulo, mostram grupos realizando um arrastão a vários carros na Cracolândia na tarde desta terça-feira (8).

O local concentra diversos usuários de drogas, e a Polícia Militar foi chamada. As imagens mostram o grupo quebrando os vidros de carros e saqueando motoristas que circulavam pela região.

Ao menos seis veículos foram atacados, segundo as imagens. Motoristas chegaram a subir na calçada com os carros para fugir dos criminosos durante a ação. O tráfego estava congestionado no trecho no momento do arrastão.

O tumulto – De acordo com a Polícia Militar, o tumulto foi iniciado por usuários de drogas na região da Nova Luz, após a ação de limpeza realizada por agentes da subprefeitura local e acompanhado pela Guarda Civil Metropolitana (GCM).

A PM diz que foi chamada para conter os ataques por volta das 15h30 e acionou o plano de contingência para a área.

Segundo relatos dos moradores da área, as forças de segurança teriam usado bombas durante ação na Cracolândia. A PM não confirmou o uso de bombas para conter os ataques, mas informou que o policiamento segue reforçado na região. Ninguém foi preso.

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana de São Paulo (SMSU), disse que a concentração de dependentes químicos da região foi deslocada para outras ruas “por causa do aumento do tráfego de caminhões para retirar material de demolição no local”, durante a operação de limpeza e coleta de lixo das ruas.

A secretaria também disse que os homens da Guarda Civil Metropolitana foram “agredidos com pedras, paus e outros objetos” e “a reação teve de ser contida para preservar a segurança de todos na região”.

Assista a matéria completa AQUI

Com informações do G1/SP e do Bom Dia São Paulo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *