Covid-19Paraná

Defesa Civil acaba com festa clandestina que reunia mais de 300 jovens em Foz do Iguaçu

Na madrugada deste domingo (13), três pais diagnosticados com Covid-19 tiveram que ir ao local buscar os filhos, menores de idade. (Imagem: PMFI)

A Defesa Civil de Foz do Iguaçu flagrou uma festa que reunia mais de 300 pessoas, a maioria jovens, com idades entre 14 e 20 anos, realizada na madrugada de domingo (13) no Jardim América. De acordo com a Defesa Civil, 90% dos participantes eram menores de 18 anos.

Dos quatro organizadores da festa, divulgada por grupos de WhatsApp, três são menores de idade. O maior de idade foi indiciado pelo juizado de menores e os demais tiveram que aguardar a chegada dos pais que assinaram o termo de responsabilidade criminal.

O dono do imóvel também foi responsabilizado criminalmente pelo poder judiciário, além de ter de pagar as multas que recebeu pelo não cumprimento dos decretos.

Entre os participantes da festa, muitos jovens também tiveram que entrar em contato com os pais para serem levados para casa. De acordo com os servidores da Prefeitura Municipal, cerca de 40 jovens ficaram isolados em um canto porque não tinham máscaras.  

Monitoramento – A organização da festa vinha sendo monitorada durante a semana pela Defesa Civil. Os organizadores mantinham 3 grupos de WathsApp diferentes.

Fiscalização – Até a manhã de domingo, a Defesa Civil vistoriou 28 locais. Em 24 foram feitas orientações e quatro estabelecimentos foram autuados. Foram aplicadas duas multas e assinados três termos de responsabilidade criminal.

As ações fazem parte da Operação AIFU, que integra várias forças de segurança como a PM, a GM, a Defesa Civil, a Secretaria da Fazenda e a Vigilância Sanitária. (*)

(*Atualizado às 13h04)

Com informações da PMFI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *