Covid-19Paraguai

Paraguai promulga leis de uso obrigatório de máscaras e acesso a vacinas contra a Covid-19

O Presidente do Paraguai promulgou a lei da obrigatoriedade do uso de máscaras devido à pandemia do coronavírus, e a lei das vacinas. (Foto: Agência IP)

A Lei que institui o uso de máscaras estabelece, entre outros pontos, a obrigatoriedade do uso da proteção para todas as pessoas maiores de 10 anos em locais fechados, sejam públicos ou privados, bem como no transporte público.

O Presidente Mário Abdo Benítez considerou que o uso da máscara é a forma mais adequada para cuidar dos empregos e manter a dinâmica econômica. Ele também disse que é preciso cumprir os protocolos de saúde para reduzir os níveis de contágio do vírus.

“O meu caso particular pode ser considerado um exemplo. Não parei de trabalhar, fui exposto a diferentes pessoas. Grande parte da minha equipe de trabalho já foi contaminada, assim como pessoas próximas à minha família, porém até hoje o coronavírus não me atingiu, isso se deve à aplicação rigorosa das medidas sanitárias”, disse.

Abdo Benítez também defendeu a responsabilidade cidadã. Disse que entende o momento epidemiológico que o Paraguai está passando e ressaltou que o uso de máscaras é uma medida que efetivamente funciona.

Marito também pediu aos cidadãos que usem máscara, mantenham o distanciamento social e sigam os protocolos de lavagem das mãos e de uso de álcool, para evitar assim outras medidas que gerem impacto nas atividades econômicas.

Lei da Vacina – Durante a conferência de imprensa, o chefe de Estado anunciou ainda a promulgação da lei sobre vacinas, que visa dar à população acesso à proteção.

“Temos uma equipe de trabalho focada em garantir à população o acesso às diferentes vacinas, o quanto antes, de maneira segura”, garantiu Marito.

Com informações da Agência IP 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *