BrasilFronteiraParanáTurismo

Quase 12 mil pessoas visitaram o Parque das Aves na semana de Natal

Seguindo todas as orientações sanitárias de distanciamento social, visitantes aproveitaram o último feriado do ano em meio à Mata Atlântica. (Fotos: Armando Abdias)

O Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, recebeu 11.551 visitantes na semana do Natal, entre os dias 19 e 27 (domingo). A visitação de pessoas de várias partes do Brasil superou a expectativa dos administradores do atrativo, que comemoram o resultado e consideram surpreendente para um período de pandemia e retomada da atividade.

O número é menor quando comparado com 2019 justamente para segurança de visitantes e colaboradores, já que o Parque opera com capacidade reduzida de até 3.500 visitantes por dia.

Segundo Carmel Croukamp, diretora geral do Parque das Aves, os bons números de visitação em tempos de pandemia e restrições representam a confiança dos visitantes e a aprovação dos serviços prestados aos turistas na questão de segurança sanitária, sinalizando para a recuperação gradual do movimento turístico, base da economia de Foz do Iguaçu.

“Depois de um ano tão complicado, é gratificante ver tantas pessoas de volta ao Parque se reconectando com a natureza e respeitando as novas regras de distanciamento social”.

Ano NovoPara o próximo final de semana, no feriadão do Ano Novo, a expectativa é também de um bom público. A estimativa é de que pelo menos 7 mil pessoas passem pelo atrativo entre os dias 31 de dezembro e 2 de janeiro.

O ingresso deve ser adquirido online para visitar o Parque com agendamento de data e horário para a visita, no site ingressos.parquedasaves.com.br.

O passeio – O passeio é para toda família. São cinco viveiros de imersão, onde o visitante fica bem pertinho de diversas aves.

O destaque fica com o Viveiro das Araras, que foi totalmente repaginado, o Borboletário, onde o visitante pode observar coloridas borboletas, e o Viveiro Cecropia, onde é possível alimentar periquitos de resgate por um valor extra de R$ 10 por pessoa. Além disso, o turista pode bater um papo com um dos educadores ambientais espalhados pelas trilhas do Parque, além de ter uma conexão direta com mais de 130 espécies de aves da Mata Atlântica.

Com informações da Ascom do Parque das Aves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *