BrasilCovid-19FronteiraTurismo

Atrativos de Foz divulgam balanço de visitação no feriado de ano novo

Nos primeiros três dias de 2021, o Parque Nacional do Iguaçu recebeu 15.270 visitantes. O número é 44% menor que o registrado no mesmo período de 2020. (Foto: Nilton Rolin/Cataratas do Iguaçu) 

O Parque Nacional do Iguaçu atendeu todos os visitantes seguindo os protocolos e medidas de proteção. O parque segue aberto nesta alta temporada, todos os dias, das 8h às 16h.

(Foto: Armando Abdias/Parque das Aves)

Parque das Aves recebeu 8.274 visitantes – O Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, recebeu 8.274 visitantes no feriadão da virada do ano de 2021, que foi do dia 31 de dezembro a 3 de janeiro. Foram 7.388 pessoas apenas nos primeiros 3 dias do ano. A visitação superou a expectativa inicial de 7 mil turistas e respeitou a lotação máxima de até 3.500 pessoas por dia, deixando o atrativo mais visitado de Foz do Iguaçu, depois das Cataratas, bastante movimentado.

Por questões de segurança, a lotação não superou o movimento dos anos anteriores nesse período. Ao longo da trilha de cerca de 2 quilômetros, monitores reforçaram o uso de máscaras e distanciamento social para apreciar aves da Mata Atlântica.

Feriado de Ano Novo atrai 4.885 turistas à usina de Itaipu – Na retomada segura do turismo de Foz do Iguaçu, a usina de Itaipu recebeu no feriadão de Ano Novo um total de 4.885 visitantes. A maior parte é proveniente do próprio Paraná, seguido de Rio Grande do Sul e São Paulo.

(Foto: Itaipu Binacional)

A visita panorâmica, a mais disputada, foi a mais movimentada, seguida do Ecomuseu e Refúgio Biológico Bela Vista. Na sexta-feira, a panorâmica registrou 1.107 visitantes. O dia de maior visitação foi no sábado, 2, com 1.389 visitas. Já no domingo, foram 1.191 turistas.

Para o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, “o turismo de Itaipu começou bem o ano. O nosso pessoal se preparou para receber o visitante de forma segura e os turistas aproveitaram. É só uma amostra de que 2021 será perfeito”.

Com informações das Assessorias 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *