Paraná

Condomínio do Idoso de Foz do Iguaçu tem 80% das obras executadas

São 40 casas exclusivas para moradores da terceira idade em formato de loteamento fechado e sob um programa de aluguel social. (Foto: AEN)

O Condomínio do Idoso de Foz do Iguaçu, na região Oeste, alcançou 80% de execução em dezembro de 2020 e chegou à fase de acabamento e revisão final. São 40 casas exclusivas para moradores da terceira idade em formato de loteamento fechado e sob um programa de aluguel social. O investimento da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) na segunda unidade do programa Viver Mais Paraná atingiu R$ 4,29 milhões.

O cronograma original previa a entrega ainda no ano passado, mas ela foi remarcada para o primeiro trimestre de 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus, com atrasos na liberação de materiais e cuidados extras na circulação dos operários, e de problemas habituais de grandes obras, como telhas e cerâmicas com tonalidades e qualidades diferentes que tiveram que ser trocadas. Com isso, a Cohapar prorrogou até o começo de fevereiro o prazo de inscrição.

As casas – As casas têm 42 metros quadrados e foram construídas em duplas, conjugadas. São em alvenaria, inclusive a laje, levando em consideração as necessidades climáticas do bairro Três Lagoas, às margens do Lago de Itaipu, e de durabilidade. Os imóveis têm sala, cozinha, um quarto e um banheiro, além de uma lavanderia externa, projetados para abrigar um idoso ou um casal. As unidades também serão entregues com piso, acabamentos e todas as instalações elétricas e hidráulicas necessárias para o idoso iniciar a mudança de imediato.

Requisitos – A iniciativa do Paraná é organizada a partir de um aluguel social de 15% do salário-mínimo (R$ 156,75). Nessa parceria, a Prefeitura de Foz do Iguaçu será responsável por atendimento médico, fisioterapia, psicologia, e, eventualmente, disponibilizar uma unidade móvel para acompanhamento dos moradores. Uma das ideias é promover, também, aulas de artesanato e pintura.

Cadastro – O cadastro organizado pela Cohapar já tem 2.373 inscritos e o processo de inscrição foi prorrogado até o dia sete de fevereiro. Podem participar do processo seletivo pessoas com 60 anos ou mais, com renda de um a seis salários mínimos, sozinhas ou em casal, que comprovadamente não tenham outro imóvel em seu nome, moradores de áreas de risco, e que possuam toda a documentação necessária. O cadastro é feito no link cohapar.pr.gov.br/cadastro.

Dúvidas – Quem tiver dúvidas ou dificuldades no preenchimento das informações no sistema da companhia pode ligar para o telefone (45) 3333-1100, que também funciona como Whatsapp. O atendimento é prestado de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Com informações da AEN

Um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *