Paraná

Operação da PM e PF desmantela grupo envolvido em roubos a bancos

Operação Resposta prendeu nove pessoas integrantes de uma quadrilha  que praticava roubos a bancos e de cargas no Paraná. (Foto: AEN)

Nove pessoas foram presas durante a operação Resposta, uma ação conjunta entre a Polícia Militar e a Polícia Federal contra um grupo criminoso que praticava roubos a banco e de cargas no Paraná. Foram apreendidos dois fuzis, pistolas e revólver, além de colete balístico. Em uma das ações do grupo, em fevereiro do ano passado, um soldado da PM acabou morto ao tentar impedir um roubo.

O balanço do trabalho conjunto das polícias foi divulgado nesta quinta-feira (07/01), no Quartel do Comando-Geral da PM, em Curitiba. 

O modo de atuação e a violência praticada pelo grupo durante os crimes fez com que as polícias Militar e Federal iniciassem trabalho conjunto para encontrar os autores. Os principais articuladores do grupo foram localizados pelas equipes policiais.

Dois deles foram presos após o roubo a banco de Floraí (Noroeste do Paraná), em dezembro do ano passado. Um foi preso na tentativa de fuga e o segundo acabou localizado nesta quinte-feira (7). Um terceiro homem, que teria se ferido ao confrontar a PM nesta ocorrência, ainda não foi encontrado. Os demais detidos foram localizados durante cumprimento de mandados judiciais expedidos ao longo da investigação.

Os roubos – A primeira ação do grupo, que marcou o início das investigações, ocorreu em Telêmaco Borba, em fevereiro de 2020, após um roubo a banco. No confronto, o soldado da PM, Welington Rafael Moreira, foi morto.

Depois do roubo a banco em Telêmaco Borba, os envolvidos roubaram uma van na Região Metropolitana de Curitiba. Nesta ação, o motorista do carro ficou sob a mira de uma arma de fogo enquanto os demais integrantes da quadrilha retiravam os bens. 

Em dezembro, em um segundo roubo a banco na cidade de Floraí, houve a intervenção dos policiais militares da região de Ponta Grossa após os marginais atacarem uma viatura da Polícia Rodoviária Federal. Uma policial militar foi ferida ao tentar deter o grupo.

Com informações da AEN 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *