Paraná

Programa Ganhando o Mundo já tem mais de 4 mil inscritos

Cem alunos da rede estadual de ensino serão selecionados para estudar na Nova Zelândia no segundo semestre deste ano. A classificação será pela nota e frequência. As inscrições seguem até 15 de janeiro. (Foto: AEN)

O programa de intercâmbio Ganhando o Mundo, que levará 100 alunos da rede estadual para a Nova Zelândia neste ano, já conta com 4,4 mil alunos, de 349 cidades, que se candidataram desde a abertura das inscrições, em 14 de dezembro.

Os intercambistas, que serão selecionados pela nota e pela frequência, viajarão no segundo semestre. As inscrições seguem até 15 de janeiro.

Podem se inscrever estudantes que ingressarão no 1º ano do Ensino Médio em 2021 e que tenham entre 14 e 17 anos na data de embarque. Todas as informações sobre o programa estão disponíveis no site ganhandoomundo.pr.gov.br.

Seleção – A seleção dos intercambistas será pela média de notas e frequência. O estudante deverá ter média maior ou igual a sete (7,0) em todas as matérias e frequência maior ou igual a 85%. Para chegar à pontuação final serão somadas as médias de todas as disciplinas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) cursadas em 2020 no 9º ano.

Serão duas etapas de seleção. A primeira para definir o melhor estudante de cada município do Estado, chegando a 399 classificados. Na segunda etapa serão escolhidos os melhores 100 entre todos os selecionados.

Inglês – Para preparar melhor os estudantes selecionados, um curso de inglês via aplicativo será ofertado em parceria com as universidades estaduais vinculadas à Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Despesas – Os gastos com a documentação necessária para a viagem e itens essenciais durante o semestre letivo no exterior serão custeados pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. Os custos incluem emissão de passaportes e vistos, exames médicos e vacinas, passagens aéreas e terrestres, transporte, hospedagem, seguro viagem e saúde, além das despesas vinculadas à parte acadêmica, como taxa de matrícula, tradução juramentada da documentação escolar, mensalidade da escola, material didático e uniforme.

O intercambista também receberá uma ajuda de custo mensal de R$ 800,00. Serão seis parcelas da bolsa-intercâmbio, sendo a primeira (bolsa-instalação) para cobrir despesas iniciais na chegada, e as demais repassadas mês a mês.

Com informações da AEN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *