Covid-19Paraguai

Paraguai está em condições de iniciar a vacinação, diz representante a OPS

Paraguai deverá receber 300 mil doses de vacina na segunda quinzena de fevereiro. (Foto: IP)

Para o representante da Organização Pan-Americana da Saúde OPAS/OMS no Paraguai, Luis Escoto, o anúncio de que o Paraguai terá acesso a 300 mil doses das vacinas anti-Covid-19 da AstraZeneca, a partir da segunda quinzena de fevereiro, pelo Mecanismo Covax, é uma grata surpresa.

Ele afirmou que o país está em boas condições para iniciar a vacinação o mais breve possível.

Enquanto isso, acordos estão sendo firmados com os produtores de vacinas e com os transportadores, para providenciar a logística.

“Já fomos informados que será a vacina AstraZeneca, que chegará na segunda quinzena de fevereiro, e que quantidades adicionais serão recebidas progressivamente ao longo do segundo trimestre, até atender aos poucos as necessidades do país”, enfatizou.

Em entrevista para a Rádio Nacional do Paraguai, Escoto afirmou que “embora a vacina ainda esteja em análise pela OMS para receber a aprovação para uso emergencial, ela é uma das que tem maior possibilidade de aderir ao programa nacional de vacinação”.

Ele explicou que a vacina não precisa de nenhum investimento adicional relacionado ao armazenamento, já que precisa ficar entre 2º e 7º.

“A notícia é muito positiva e nos dá muita esperança, o que não significa que possamos baixar a guarda, e este é um ponto extremamente importante”, enfatizou o representante da OPAS / OMS no Paraguai.

Na primeira etapa, a vacinação começará com o pessoal da área da saúde. Então, progressivamente, serão vacinados alguns grupos de risco, que podem ter a doença na forma grave.

Escoto também acrescentou que o Paraguai poderá receber, além das doses do AstraZeneca, as de outros laboratórios, como o Moderna, visto que o país está fazendo esforços bilaterais para garantir outro tipo de vacina no país. 

Com informações da Agência IP 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *