BrasilFronteiraParaguai

Em uma semana, Receita Federal apreende 13 ônibus carregados com mercadorias estrangeiras

Neste sábado (27), a Receita Federal, a PRF e o BPFron realizaram, no âmbito da Operação Escudo, ações de repressão ao contrabando e descaminho que resultaram na retenção de quatro ônibus carregados com mercadorias importadas. (Fotos: Receita Federal)

O primeiro veículo foi abordado por volta das 6h, na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu. O ônibus tinha como destino São Paulo, e estava transportando 20 passageiros e cerca de R$ 300 mil em mercadorias diversas.

Às 8h, outro ônibus que seguiria para Santa Catarina foi retido pelos servidores. O ônibus estava estacionado em Foz do Iguaçu, carregado com cerca de R$ 250 mil em mercadorias estrangeiras.

Logo depois, por volta das 10h, dois ônibus foram retidos na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu. Cada um, ocupado por cerca de 25 passageiros que levavam mercadorias idênticas no bagageiro. Cada ônibus transportava cerca de R$ 200 mil em mercadorias.

Ninguém foi preso, porém serão enviadas representações fiscais ao Ministério Público, para apuração dos ilícitos. As mercadorias e os ônibus foram escoltados até a Receita Federal em Foz do Iguaçu.

Balanço – A Receita Federal, a PRF e o BPFron, com o apoio da ANTT, retiveram outros nove ônibus nos últimos três dias. Foram quatro ônibus na quarta-feira (24), três ônibus na quinta-feira (25) e mais dois ônibus na sexta-feira (26). Todos estavam carregados com mercadorias que entraram irregularmente no Brasil. 

Na semana – As mercadorias que estavam nos 13 ônibus retidos nesta semana somam aproximadamente R$ 3,3 milhões de reais. Com isso, cerca de R$ 2,3 milhões em tributos deixaram de ser arrecadados, sendo R$ 990 mil em tributos estaduais e R$ 1,3 milhão em tributos federais.

Além de danos ao erário, o contrabando e o descaminho causam concorrência desleal à indústria e ao comércio regularmente instalado.

A Receita Federal disponibiliza telefones de contato para denúncias, de forma anônima, por meio dos números (45) 9 9152-2036 e (45) 9 9134-0100.

Com informações da Receita Federal 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *