BrasilFronteiraParaguai

Em operação conjunta, Senad e PF prendem “Samura”, no Brasil

Jorge Teófilo Samudio González, conhecido como “Samura”, foi preso nesta segunda-feira (29), em  Mato Grosso, durante uma operação conjunta do Paraguai e do Brasil. (Foto: Senad)

Samura é considerado um dos maiores traficantes do Paraguai. Para a Senad, ele teria ligações com o Comando Vermelho, que teria sido responsável pelo resgate dele, em setembro de 2019, em Assunção. 

Na época, um grupo atacou o comboio que fazia a transferência de Jorge Teófilo para a cadeia de Emboscada. Durante o resgate, um policial foi morto. 

A chefe da Senad, Zully Rolón, disse ao LaVozDigital que a prisão de Samura representa um golpe para o crime organizado. Ela também destacou o trabalho conjunto da Secretaria Antidrogas com a Polícia Federal do Brasil.

Investigação – A captura do criminoso, procurado pela Interpol, ocorreu após vários meses de investigação. Ele seguirá preso no Brasil, mas será dado início a um processo de extradição. 

​​“Samura” é considerado um dos principais traficantes do Paraguai. Ele foi preso em outubro de 2018 durante operação realizada pelo Senad, em Bella Vista Norte, no departamento de Amambay. O suposto chefe narco era responsável pelo tráfico de cocaína que teria movimentado o equivalente a US$ 20 milhões por mês. 

Com informações do ABC Color, LaVozDigital e da Senad 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *