BrasilFoz do IguaçuParaná

Nova onça flagrada no Parque Nacional do Iguaçu já tem nome

O macho, flagrado passeando na Unidade de Conservação, recebeu o nome de Peter, em homenagem a Peter Crawshaw. (Imagens: Projeto Onças do Iguaçu)

Na sexta-feira (18) foram divulgadas imagens do animal. De acordo com os pesquisadores, o “felizardo” achou o equipamento fotográfico, chamado de armadilha fotográfica, responsável pelo monitoramento das espécies por meio de uma câmera, e, brincando, transformou a câmera em pedacinhos. 

Projeto Onças do Iguaçu registra nova onça na área

Geralmente o pessoal do Projeto faz uma consulta pública para escolher o nome do novo morador do Parque, mas dessa vez, não. A ideia foi homenagear o pesquisador Peter Crawshaw, pioneiro no trabalho com onças no Brasil.

Com paixão, dedicação, humildade e empenho, Peter Crawshaw formou muitos profissionais e pavimentou a estrada pela qual todos caminharam e caminham.

As onças do Iguaçu tiveram no Peter um guardião. Um gigante que se colocou bravamente entre estes animais e a extinção local da raça. Peter sempre lutou contra as ameaças, sobreviveu à queda de ultra-leve, a um incidente com onça, a um sequestro e a outras aventuras, mas infelizmente não sobreviveu a covid-19.  Ele morreu neste ano.

Precursor do Projeto Onças do Iguaçu, Peter Crawshaw, morre vítima de covid-19

Segundo a pesquisadora Yara Barros, que coordena o Projeto atualmente, “guiados e inspirados pela paixão do Peter, seguimos trabalhando para a conservação das onças do Iguaçu. Seu legado imenso fica. E pensamos que nomear essa onça tão majestosa com o nome de Peter, como uma homenagem para esse gigante que foi o Peter Crawshaw. Que a onça-pintada Peter tenha vida longa e tanta garra quanto teve o Peter Crawshaw”, afirmou.

Com informações do Projeto Onças do Iguaçu 

Um comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *