Foz do IguaçuFronteiraTurismo

Três grandes eventos marcam retomada de turismo em Foz do Iguaçu

Cidade já tem eventos confirmados para outubro e dezembro; calendário da retomada gradual dos encontros foi publicado pela prefeitura na última semana. (Foto: Divulgação) 

Três grandes eventos – mais de 11 mil participantes entre outubro e início de dezembro – devem marcar a retomada do turismo em Foz do Iguaçu. O primeiro será o Congresso Paranaense da Faciap, entre os dias 15 e 16 de outubro, que pode reunir duas mil pessoas.

O Governo 5.0, evento estadual entre 24 a 26 de novembro, espera quatro mil pessoas, entre prefeitos, vice-prefeitos, deputados, vereadores, secretários estaduais e municipais.

O 16º Festival das Cataratas terá sua edição presencial nos dias 1º, 2 e 3 de dezembro e pretende reunir pelo menos cinco mil interessados em produtos e serviços nos diversos segmentos do turismo.

“Já passa de uma grande expectativa, porque esses eventos já estão agendados e confirmados. Há também pesquisas que indicam que o paranaense e o brasileiro querem viajar para destinos próximos às suas casas. Então, a cidade deve receber tanto os turistas de eventos corporativos, como aquele turista que pega sua família e de carro ou avião vem visitar Foz do Iguaçu”, disse o prefeito Chico Brasileiro.

Gestores públicos – Foz do Iguaçu vai sediar pela segunda vez o Governo 5.0, em novembro. O encontro é realizado em parceria entre o Estado, a Associação dos Municípios do Paraná e a Assembleia Legislativa, e com apoio do Sebrae. O evento terá palestras e oficinas sobre desenvolvimento econômico, cidades inteligentes, captação de recursos e capacitação. Todas as secretarias e órgãos estaduais vão apresentar os novos projetos que serão levados na retomada econômica do estado.

Festival das Cataratas – O 16º Festival das Cataratas instala a Feira de Turismo e Negócios de forma presencial e está no cronograma da retomada gradual dos encontros sociais, corporativos, esportivos e culturais.

“No ano passado vivíamos um momento ainda mais grave da pandemia e ainda assim conseguimos promover um evento seguro para todos. Para este ano, o otimismo é ainda maior, sobretudo para o setor de turismo que movimenta toda uma cadeia de segmentos”, destacou Mayara Angeli, diretora do Festival.

Protocolos rigorosos – A partir de agosto, a cidade poderá receber eventos corporativos com até 500 pessoas e, em novembro, com a expectativa de que 70% da população já esteja imunizada com as duas doses da vacina contra o coronavírus, deverão ser liberados todos os encontros, independentemente do número de participantes, desde que respeitado 70% da capacidade máxima dos espaços.

O secretário municipal de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli, reafirma que todos os eventos deverão seguir os protocolos sanitários para evitar a transmissão do vírus.

“A responsabilidade sobre o cumprimento dos protocolos tem que ser muito clara quando for solicitada a autorização e o alvará para o evento. O organizador será responsabilizado se os protocolos sanitários não forem cumpridos”, ressaltou.

Internacionais – Foz do Iguaçu espera ainda retomar os grandes eventos internacionais. Entre 2015 e 2019, somente as capitais São Paulo e Rio de Janeiro receberam mais eventos internacionais do que Foz no país. Foram 66, de acordo com dados do International Congress & Convention Association (ICCA).

Com informações da PMFI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *