BrasilFoz do IguaçuFronteiraParaguaiSem categoria

Receita Federal apreende 120 pacotes de “Mel do Amor” na Ponte da Amizade

Vendido como um estimulante sexual, supostamente natural, ou seja, sem aditivos químicos, o produto é popular entre os jovens brasileiros. (Foto: Receita Federal) 

Nesta terça-feira (27), as equipes da Receita Federal apreenderam vários tipos de mercadorias na Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu. Entre os itens, foram apreendidos cigarros, celulares e essências para narguilé.

Mas uma das apreensões chamou a atenção. Por volta das 17h, durante a abordagem de duas motos com placas do Paraguai, os servidores encontraram, com os condutores, 120 pacotes do “Mel do Amor”, contendo 12 sachês cada. A apreensão foi avaliada em aproximadamente R$ 36 mil.

O “melzinho do amor”, como é usualmente conhecido o produto, é vendido como um estimulante sexual, supostamente natural, ou seja, sem aditivos químicos. O “Mel do Amor” é popular entre os jovens brasileiros.

Apesar de ser vendido como “100% natural”, o produto possui substâncias que não são especificadas na embalagens. Entre elas está o sildenafil. De acordo com a Receita Federal, o Citrato de Sildenafila é o mesmo componente presente no Viagra.

Proibido – Em maio desse ano, a Anvisa proibiu a comercialização, produção e publicidade do produto no Brasil, por conter substâncias não especificadas na embalagem, que podem ser nocivas à saúde do consumidor.

A Receita Federal disponibiliza telefones de contato para denúncias, de forma anônima, por meio dos números (45) 9 9152–2036 e (45) 9 9134–0100.

Com informações da Receita Federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *