BrasilFoz do Iguaçu

Brincando, Peter aprontou novamente no Parque Nacional do Iguaçu

“Pô, Peter! Assim não dá!!!” (Foto: Reprodução/Instagram/Onças do Iguaçu)

Foi com esse desabafo que os pesquisadores do Projeto Onças do Iguaçu informaram na quinta-feira (26) por meio da conta no Intagram, que o filhote de onça, o Peter, tinha aprontado novamente.

Em junho deste ano o “felizardo” achou o equipamento, chamado de armadilha fotográfica usada para registrar o movimento das espécies no Parque Nacional do Iguaçu, e, brincando, transformou a câmera em pedacinhos. 

Um dia depois de ser encontrado o macho recebeu o nome de Peter, em homenagem ao pesquisador Peter Crawshaw, pioneiro no trabalho com onças no Brasil. Com paixão, dedicação, humildade e empenho, Peter Crawshaw formou muitos profissionais e pavimentou a estrada pela qual todos caminharam e caminham.

Fazendo arte – Agora…. Peter aprontou novamente. Ele arrancou e quebrou mais duas câmeras fotográficas usadas pelos pesquisadores para monitorar os animais. Yara Barros, coordenadora do projeto disse, na postagem, que “ele realmente não gosta das bichinhas. Olha o estado que a câmera ficou!!!”.

A Bióloga explicou que a atitude do animal não tem a ver com o fato do equipamento ficar com o cheiro dos humanos. “Outras onças passaram na frente dessas câmeras sem problemas, mas ele parece realmente gostar e arranca, possivelmente para brincar”, disse. 

Yara também prometeu compartilhar em breve, o vídeo do “meliante” destruindo o equipamento.

Cris Loose Compartilha, com informações do Projeto Onças do Iguaçu 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *