ParanáTurismo

Atrativos turísticos do Paraná fascinam estrangeiros de diferentes nacionalidades

Parque Vila Velha e Parque Nacional do Iguaçu são dois exemplos de “atrações internacionais”. (Foto: Jonathan Campos/AEN)

O Parque Vila Velha recebeu 88.689 visitantes desde a reabertura para o público, em setembro de 2020, após as restrições impostas pela pandemia de Covid-19. Mesmo com o cenário de redução nas viagens internacionais nos últimos anos, quase 300 turistas foram estrangeiros. Cerca de 10% vieram da Jordânia, 9% da Bolívia, 8,5% do Japão, 8% dos Estados Unidos e 7% da Alemanha.

Já os brasileiros que visitaram o Parque são, na grande maioria, do Paraná (66,86% dos visitantes), seguidos de Santa Catarina, com 11,53%, São Paulo, com 10,92%, Rio Grande do Sul, com 2,34%, e Rio de Janeiro, com 1,60%. 

No local, o público pode aproveitar os atrativos naturais já bem conhecidos – arenitos, furnas e Lagoa Dourada – e novas opções, como arvorismo, passeio em balão estacionário, tirolesa, cicloturismo, trilhas e caminhada noturna.

Sob a administração da concessionária Soul Park, o parque passou por melhorias nos últimos anos e potencializou seus motivos para a visitação.

“Reformulamos todo o padrão de atendimento e nossa estrutura de operação, construímos uma nova praça central, implantamos quatro núcleos gastronômicos, reformamos o centro de visitantes, implantamos novas atrações de aventura imersivas na natureza e mudamos até mesmo a forma como o visitante experimenta tudo isso. Agora ele tem mais liberdade para aproveitar essas experiências por meio de um passeio autoguiado”, destaca o gestor Leandro Ribas.

Caminhada noturna – A partir deste mês de janeiro, a caminhada noturna conta com um novo telescópio, considerado um dos maiores do Paraná, e com o dobro da capacidade de resolução para propiciar imagens mais vivas e detalhadas dos astros.

Oferecida quinzenalmente, quem comprar o ingresso para a caminhada noturna terá a possibilidade de entrar no parque a partir das 9 horas para conhecer todos os atrativos naturais antes do pôr do sol, quando o passeio começa.

O Parque Vila Velha foi a primeira Unidade de Conservação (UC) criada no Paraná, em 1953. 

(Foto: José Fernando Ogura/AEN)

Cataratas do Iguaçu – Outro atrativo concedido para a iniciativa privada e que atrai turistas estrangeiros é o Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas do Iguaçu. Ele recebeu 655.335 visitantes durante o ano, com crescimento gradativo na visitação, mês a mês, conforme a vacinação avançava no País e no mundo.

Mais de cem nacionalidades se conectaram com o maior conjunto de quedas d’água do planeta e uma das sete maravilhas naturais da Terra. Foram 49 mil turistas, com mais representatividade para Paraguai, Argentina, Estados Unidos, Colômbia, França, Alemanha, Espanha, Rússia e Peru.

Outros parques – Hoje o Estado conta 70 Unidades de Conservação, sendo 24 delas com atrativos para o público. Elas são uma ótima opção de turismo ecológico para os paranaenses e visitantes de outras regiões e estão abertas neste verão.

Esses atrativos também receberam turistas estrangeiros no ano passado. Para saber como chegar e outras informações sobre os parques do Paraná, acesse o mapa em iat.pr.gov.br/Pagina/Conheca-os-Parques-do-Parana.

Com informações da AEN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *