Paraná

Sanepar coleta coco verde nas praias e envia cascas a projeto ambiental sustentável

Cascas são enviadas ao projeto ambiental Nossa Praia Mais Limpa e Sustentável, que além de diminuir impacto ambiental gera emprego e renda. Iniciativa é da prefeitura e da Unespar. (Fotos: Sanepar/Divulgação)

Nesta temporada do Verão Paraná, a Sanepar está contribuindo com a destinação adequada de cocos verdes retirados das praias de Pontal do Paraná. Os cocos deixados por banhistas nas areias e também em quatro bombonas ao longo da orla somam pelo menos 600 quilos por dia, que são enviados ao projeto Nossa Praia Mais Limpa e Sustentável.

Desenvolvido pela prefeitura de Pontal do Paraná e pela Universidade Estadual do Paraná (Unespar), o projeto reduz impactos ambientais causados pelo consumo da fruta nas praias. Uma casca de coco leva em média 12 anos para se decompor. Deixados no meio ambiente, contribuem para a proliferação de vetores, como moscas, mosquitos, baratas e roedores. Além disso, contaminam o solo e emitem gases poluentes em sua decomposição.

Fibra de coco – O projeto de reaproveitamento do coco, além de evitar danos ambientais, aumenta a vida útil do aterro sanitário do município. Recolhidos pela Sanepar, os cocos têm as cascas retiradas pela prefeitura, que faz o encaminhamento do material à universidade. Na Unespar, a casca passa por um processo de transformação em fibra de coco e em composto orgânico utilizado em hortas.

A fibra pode ser utilizada como matéria-prima de diversos produtos.

“Serve como vasos para plantas, placas termoacústicas, mantas de contenção geotêxtil, tapetes, carvão de narguilé, briquetes e estofamento de assento de veículo”, segundo o assessor técnico do Núcleo de Inovação Tecnológica da Unespar, Thyago Ramos da Rocha.

Com informações da AEN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.