Foz do Iguaçu

Paciente se casa com enfermeira, dentro do Hospital

O casal está junto há um ano e foi no HMCC que eles se conheceram e decidiram trocar as alianças. Paulo está em cuidados paliativos e tinha, como último desejo, o casamento com Sueli. (Fotos: HMCC/Divulgação)

Juntos há pouco mais de um ano, Paulo Assis, de 47 anos, e Sueli Golfeto, de 50 anos, noivaram em setembro e tinham o sonho de se casar em alguns anos, mas uma mudança no curso da vida fez com que ambos resolvessem oficializar a união nesta segunda-feira (14).

O local escolhido? O Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), onde se conheceram e onde Paulo continua em tratamento contra um câncer melanoma avançado metastático. Ele está internado e vem sendo acompanhado pela equipe de cuidados paliativos HOPE.

A história do casal é um pouco curiosa. Eles se conheceram durante o tratamento de quimioterapia da mãe do Paulo na Clínica de Oncologia do HMCC, onde Sueli é enfermeira.

“A mãe foi nossa cupida. Durante o tratamento ela foi dando dicas, conversando, e eu e Paulo começamos a conversar por mensagem, eu fui na casa dele, e nós não nos desgrudamos mais”, conta Sueli. Ela só não esperava que, além de ajudar o noivo no cuidado com a mãe, precisaria cuidar dele.

Em dezembro de 2021, Paulo foi diagnosticado com melanoma, precisou iniciar um tratamento emergencial, e passou a ser acompanhado pela equipe médica do Centro Hospitalar. No dia 28 de janeiro o paciente deu entrada no hospital e, desde então, na evolução da doença de base, a equipe de cuidados HOPE foi acionada para manter o acompanhamento em conjunto com a oncologia hospitalar.

Internado há 18 dias, ele reafirmou por diversas vezes o desejo de casar com Sueli.

“E foi aí que nós resolvemos atender este ‘last wish’ [último desejo] do Paulo Assis, no sentido da humanização do cuidado. Mesmo com a doença em evolução com prognóstico ruim, priorizamos o carinho com o paciente e com sua família até o final”, comenta a médica responsável pelo setor, Dra Ana Paula Romanini.

“O meu desejo de estar perto da Sueli é de felicidade. Ela é meu presente. Me apoiou e me ajudou quando mais precisei, e eu tenho certeza de tudo que estamos assumindo hoje”, contou Paulo, emocionado. “Casar não é por casar, é por amor, respeito, consideração, paixão, e tudo isso encontrei nela”.

Força-tarefa – Para que tudo acontecesse, uma força-tarefa foi montada e, em três dias, uniu setores do Hospital e parceiros que fizeram o cerimonial acontecer.

“Logo já acionamos a imprensa para nos ajudar a contar a história, a gerência da hotelaria para organizar a capela e balões, a nutrição para preparar docinhos e canapés para uma pequena comemoração, o gerente da Sueli para organizar os amigos para participarem, a equipe de enfermagem, entre tantos outros que nos deram todo o apoio”, conta Dra Ana.

Sinara, responsável pela Sonhos Decor, doou toda a mão de obra e decoração. O Studio Sarah Bampi foi responsável por preparar a noiva, Daniel Júnior tocou as músicas na cerimônia e Guto as da recepção dos convidados. Já a equipe de jardinagem do HMCC fez questão de preparar um lindo buquê para Sueli. Todos ajudaram voluntariamente, assim como outras empresas e parceiros.

EmoçãoNa capela do Centro Hospitalar, o padre Clodoaldo Frassetto, amigo do casal, fez questão de reafirmar a importância da união dos dois. Com autorização do Bispo da Igreja Católica, o casamento religioso vale como matrimônio sagrado, principalmente após o “sim” de um para o outro.

A celebração curta foi suficiente para emocionar os familiares que estiveram presentes e toda a equipe do hospital.

“Uma ação que mexeu com todo nosso hospital, mas que nos permitiu viver algo único. Ao casal, desejamos força e fé. Que a união seja o símbolo desse amor que já provou ser capaz de superar qualquer barreira”, disse o diretor administrativo-financeiro do HMCC, Sidney Franco.

“Uma ação como essa dá mais vida ao paciente. Ver o Paulo, hoje, feliz e realizado se casando com sua esposa, é uma vitória também para nós, equipe médica. Tudo contribuiu de forma positiva para seu tratamento”, comentou o médico responsável, Dr. Juliano Moreira.

Após a cerimônia, houve uma recepção na sala Hope, com fotos, brinde, bolo, de uma maneira que o casal pudesse sentir ainda mais o carinho da equipe por eles.

Com informações do HMCC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.