BrasilFronteiraParaguai

Câmeras de segurança mostram como foi a fuga de narcotraficante no Paraná Country Club, no Paraguai

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) compartilhou imagens reveladoras do circuito fechado do Paraná Country Club, em Hernandarias, que revelam a fuga do suposto traficante brasileiro Lindomar Reges. (Foto: Senad/Reprodução)

As imagens em circuito fechado mostram como os seguranças do Paraná Country Club seguraram por vários minutos a comitiva formada pela Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), Polícia Nacional e Ministério Público, permitindo a fuga do narco Lindomar Reges, na terça-feira (15). 

Pelas imagens, a diferença entre a fuga do brasileiro e a entrada das autoridades foi de 45 segundos. As autoridades atrasaram três minutos no acesso ao condomínio.

“Estamos falando de uma diferença de apenas 45 segundos entre a saída do veículo de Lindomar e a entrada da comitiva. No portão eles nos seguraram por vários minutos até que os promotores exigiram a entrada no local”, explicou o diretor de Comunicação do Senad, Francisco Ayala.

O servidor Senad reiterou que Lindomar Reges é líder de um importante grupo que trafica drogas da região de fronteira para a Europa.

“Nunca tivemos problemas quando trabalhamos no Paraná Country Club, mas dessa vez houve muito nervosismo, foi muito marcante, foi tudo muito estranho”, disse Ayala.

Lindomar Reges saiu do local a bordo de uma caminhonete preta e foi para um lava car. Depois desapareceu.

O diretor de Comunicação da Senad lembrou que no condomínio, localizado em Hernandarias, Alto Paraná, há funcionários que ficam atentos e alertam sobre qualquer operação realizada no local. Ele disse também que as demais entradas do Paraná Country Club tinham cobertura e que a operação foi realizada após trabalho de campo em que se confirmou a presença do suposto traficante de drogas no local.

Na manhã de terça-feira (15), a Polícia Federal deflagrou duas operações simultâneas com o objetivo de desarticular organizações criminosas voltadas ao tráfico internacional de drogas e a lavagem de capitais. Várias forças de segurança do Paraguai também participaram da ação. 

Fuga escandalosa – De acordo com o jornal Última Hora, “a escandalosa fuga mostra a proteção de instituições para com os traficantes de drogas”.

Lindomar Reges Furtado, responde a 67 processos no Brasil e morava em uma luxuosa mansão no Paraná Country Club, de onde fugiu pouco antes da chegada da Polícia. Acredita-se que ele foi alertado e já há investigados.

Ele tinha um habeas corpus para circular livremente e não ser preso. O documento assinado pelo juiz criminal de garantias de Ciudad del Este, Carlos Vera Ruiz, proibia os membros da força pública de realizar a prisão dele, a menos que fosse em flagrante.

A ministra da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), Zully Rolón, disse hoje (17) que está confiante e que acredita que a prisão de Reges Furtado, atualmente foragido, é questão de tempo. 

Confira o vídeo com as imagens das câmeras de segurança, AQUI.

Com informações do Última Hora e da Agência IP

2 comentários
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.