Foz do Iguaçu

Prefeitura e Foztrans assinam contrato com nova empresa do transporte coletivo

Empresa Santa Clara Ltda. apresentou proposta de menor valor por quilômetro rodado. (Foto: PMFI/Divulgação)

A Prefeitura Municipal e o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu – Foztrans assinaram a contratação emergencial da empresa Santa Clara Ltda., CNPJ 80.858.053/0001-87, para operação do transporte coletivo urbano. 

O principal critério para a escolha da empresa, que apresentou a proposta de menor valor por quilômetro rodado, foi a economia para o Município.

A partir de domingo (13), fica oficializado o rompimento da contratação do Consórcio Sorriso e a empres a Santa Clara entra em operação, com uma frota inicial de 66 veículos – sendo 20 deles com ar condicionado.

O prefeito Chico Brasileiro ressaltou que, embora não houvesse uma necessidade legal, para dar uma maior transparência à contratação emergencial, a prefeitura e o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu – Foztrans optaram por fazer uma pesquisa de preços amplamente divulgada, com as planilhas de custo do transporte coletivo na cidade.

A Santa Clara apresentou a proposta de R$ 7,93 por quilômetro rodado, no entanto não cumpria o requisito de ter 100% da frota com ar condicionado. Já a proposta da segunda empresa foi de R$ 8,33, com todos os veículos com o equipamento.

“Demos a oportunidade de as duas empresas ratificarem as propostas”, explicou o diretor superintendente do Foztrans, Licério Santos.

Segundo ele, a Santa Clara aceitou reduzir o valor para R$ 7,41 por quilômetro até adequar toda a frota com ar condicionado – o prazo para isso será de 60 dias. No processo de contratação, foi feita criteriosa análise documental e constatado que a empresa está regular para contratação com o poder público.

“A economia entre a proposta da primeira para a segunda empresa é de cerca de R$ 2 milhões por ano. Essa economia foi o principal critério para a decisão da comissão que avaliou o processo e embasou nossa decisão”, ressaltou o prefeito. “Com o fim do contrato com o Consórcio Sorriso e o início da operação desta nova empresa, ainda que de forma temporária, damos início a uma nova fase do transporte coletivo em Foz do Iguaçu, que estava trazendo transtornos aos usuários, que não tem suas necessidades atendidas”, complementou Brasileiro.

Além da frota com ar condicionado, os ônibus do transporte coletivo também deverão ser equipados com wi-fi, GPS e câmeras de segurança.

“Vamos acompanhar de perto a operação e, com isso, adequarmos os horários e itinerários para melhor atender à população”, afirmou Licério. A tarifa aos usuários, reforça Licério, será mantida em R$ 4,10.

Nova licitação – Em paralelo à assinatura da contratação emergencial, com duração de 12 meses, têm início os estudos para uma nova licitação do transporte coletivo urbano. A Câmara Municipal aprovou em fevereiro um requerimento para a realização de audiências públicas itinerantes nos bairros da cidade para ouvir a população em relação às demandas do novo modal.

No fim da manhã de hoje (9), a Prefeitura de Foz também esclareceu algumas dúvidas sobre a mudança no transporte coletivo de Foz. 

Rotas e horários – Nesta primeira etapa, os ônibus irão seguir os mesmos trajetos e horários. Entretanto, o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans) fará alterações em rotas para que o tempo de circulação seja reduzido, além de evitar a superlotação nos veículos.

Uma alternativa prevista é a implantação de linhas alimentadoras, passando por dentro dos bairros e evitando as longas esperas. Serão atendidas ainda, de forma sistemática e com estudos elaborados, as linhas que foram suprimidas.

Valor da passagem – O valor da passagem não será alterado. Os usuários continuarão pagando o mesmo valor, que atualmente é de R$ 4,10 com dinheiro e vale-transporte comum, e R$ 2,05 para estudantes.

Créditos do Cartão Único – Os valores que os cidadãos possuem no cartão de vale-transporte deverão ser devolvidos pelo Consórcio Sorriso, que administra o Cartão Único. A empresa deverá anunciar em breve como o processo irá funcionar para que a população não precise pagar por um serviço que não irá receber.

Os usuários que tiverem dificuldade em reaver os créditos devem procurar o Procon. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. O agendamento pode ser feito pelo telefone 2105-8700 ou 99820-0235 (Whatsapp).

Bilhetagem eletrônica – A nova empresa terá bilhetagem eletrônica. O Foztrans já iniciou as tratativas para que uma nova bilhetagem eletrônica seja oferecida aos usuários, incluindo os benefícios para estudantes e cidadão isentos. O cadastramento será, inclusive, adiantado, tendo como base o banco de dados que é utilizado atualmente.

Novos ônibus – A empresa terá 66 ônibus como frota inicial para a circulação já a partir de domingo (13), sendo 20 com ar-condicionado – com a obrigatoriedade, prevista em contrato, de que em dois meseskl toda a frota seja contemplada com os equipamentos.

Wi-Fi e câmeras de segurança são novas tecnologias que também serão incluídas em cada um dos ônibus.

Economia – A proposta aprovada vai representar, em um ano, a economia de quase R$ 2 milhões em relação ao valor da proposta da segunda empresa.

Atualizada às 11h33 para inclusão de informações.

Com informações da PMFI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.