Covid-19Foz do Iguaçu

Gestantes adolescentes podem receber dose de reforço contra a Covid-19

Aplicação deve ser feita quatro meses após a segunda dose. Todas as unidades de saúde ofertam a vacinação, sem a necessidade de agendamento. Também foi reaberto o agendamento para vacinação em crianças de 5 a 11 anos. (Foto: Christian Rizzi/PMFI)

Adolescentes de 12 a 17 anos que estejam grávidas ou tenham tido filho há pelo menos 45 dias poderão receber uma dose de reforço contra a Covid-19. A aplicação deve ser feita quatro meses após a segunda dose, conforme orientação do Ministério da Saúde.

A recomendação é que seja utilizado preferencialmente imunizante Pfizer, podendo também ser a vacina Coronavac.

A medida já vale para gestantes e puérperas acima de 18 anos e também para adolescentes imunocomprometidos, que recebem ainda uma dose adicional (4ª dose), quatro meses após a 3D.

Todas as 29 Unidades Básicas de Saúde de Foz do Iguaçu ofertam a vacinação, sem a necessidade de agendamento. Para receber a dose, é necessário apresentar um documento com foto e o comprovante de vacinação, além de uma prescrição médica.

Se o indivíduo não receber a dose do período recomendado, ele poderá receber no momento oportuno. Não existe intervalo máximo para realizara dose de reforço.

Agendamento – A Prefeitura de Foz do Iguaçu reabriu, nesta sexta-feira (11), o agendamento online vacinação contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. Foram disponibilizadas 1.116 doses para aplicação na segunda-feira (14) em todas as unidades básicas de saúde. O agendamento deve ser feito pelo site vacinacao.pmfi.pr.gov.br.

No dia da vacinação, o pai ou a mãe deve apresentar um documento oficial com foto (para comprovar o parentesco), comprovante de residência e os documentos pessoais da criança. É importante portar a carteirinha de vacinação do menor. Caso a criança não esteja acompanhada do pai ou da mãe, o responsável deverá apresentar uma autorização por escrito (o modelo está disponível no site da prefeitura).

Foz do Iguaçu já vacinou 12.646 crianças com a primeira dose, o que representa 48,23% do público. Já receberam a segunda dose 1.390 crianças (5,30%).

Com informações da PMFI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.