Foz do Iguaçu

Crea-PR vai realizar fiscalização em Foz do Iguaçu

O objetivo é concentrar fiscais na cidade para uma espécie de mutirão de fiscalizações nas obras novas, ampliações e reformas. (Foto: Crea-PR/Divulgação)

Entre a segunda-feira (14) e a sexta-feira (18), todos os fiscais da regional Cascavel do Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná) estarão reunidos em Foz do Iguaçu para uma operação especial de fiscalização.

O objetivo é verificar a legalidade da execução de obras novas, ampliações e reformas, conferindo se todos os procedimentos legais estão sendo cumpridos e se há, ou não, o registro adequado de profissionais habilitados, com o propósito de oferecer mais segurança à sociedade.

“Caso seja verificada alguma irregularidade, iremos notificar e orientar o proprietário da obra e os profissionais envolvidos, dando um prazo para a regularização. Se isso não for feito no tempo indicado, poderá haver aplicação de sanções de acordo com a legislação vigente”, indica o gerente da regional Cascavel do Crea-PR, Engenheiro Civil Geraldo Canci.

Durante a operação, os principais itens a serem verificados nas obras são: existência, ou não, de profissional habilitado; existência, ou não, de projeto; documentação legal do profissional e da obra; e existência, ou não de Anotação de Responsabilidade Técnica. De acordo com Geraldo, a ação não tem foco punitivo, mas sim de orientação.

“Nosso objetivo, enquanto Crea, é proteger a sociedade e resguardá-la de possíveis dados de obras e serviços sendo executados sem profissionais regulares. Queremos, com isso, coibir o exercício ilegal nas áreas de Engenharia, pois quando alguma obra de qualquer porte é realizada em desacordo com as normas, a segurança das pessoas é colocada em risco e a qualidade e vida útil das edificações também é comprometida”, conclui Canci.

A operação envolve fiscais de toda a regional, que se concentram em uma cidade para realizar as fiscalizações de forma ágil e otimizada. Ainda neste ano, estão previstas outras operações em outros municípios da região oeste.

Com informações do Crea-PR

Um comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.