BrasilFoz do Iguaçu

A paz das Cataratas do Iguaçu sob as estrelas

Adriano, que já havia fotografado as Cataratas diversas vezes ao longo dos últimos 20 anos, surpreendeu-se com a magia da experiência. (Foto: Adriano Kirihara/Divulgação)

O fotógrafo Adriano Kirihara dedicou dois dias para registrar as Cataratas, do mesmo ponto de observação, integrando-se à natureza local, e captar a chegada da noite com seu brilho especial sob o céu das Cataratas.

“Ao permanecer nas Cataratas, optei por fazer uma técnica fotográfica chamada Star Trail (Trilhas das Estrelas), onde, através de uma fotografia de longa exposição, registramos o movimento das estrelas em relação ao movimento de rotação do planeta Terra”, revelou o fotógrafo, que sempre busca “conversar” com a natureza para sentir o ambiente, principalmente as características da luz, para valorizar ainda mais as cenas.

Adriano, que já havia fotografado as Cataratas diversas vezes ao longo dos últimos 20 anos, surpreendeu-se com a magia da experiência.

“Já perdi as contas de quantas vezes visitei e fotografei, em diferentes épocas do ano, esta que é a mais bonita e imponente cachoeira do mundo. A oportunidade de fotografar as Cataratas no final de tarde, naquele momento em que o Sol já se escondeu no horizonte, sob as estrelas, foi um sonho.”

Acesso – Para realizar esse tipo de atividade no Parque Nacional do Iguaçu, o profissional de fotografia precisa submeter uma solicitação a administração pública, descrevendo sobre a importância do projeto para a unidade de conservação, e contratar um guia local para acompanhamento profissional, durante toda a permanência no parque. As solicitações devem ser encaminhadas com 100 dias de antecedência, para apreciação e análise técnica.

Profissional – Adriano Kirihara é jornalista especializado em fotografia documental, participou de diversas expedições para documentar a fauna, flora, paisagens e modo de vida dos povos e comunidades do Brasil. Suas fotografias ilustraram publicações como a revista Exame, Fotografe Melhor e National Geographic Brasil, livros didáticos das editoras FTD, Moderna Editora do Brasil e Editora Ática, entre outras. Já trabalhou como editor na TV Fronteira, em Presidente Prudente, e como repórter na TV Grande Rio, em Petrolina, no interior de Pernambuco – ambas afiliadas da Rede Globo.

Com informações da Cataratas do Iguaçu 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.