Paraguai

Polícia está atuando nos bloqueios em rodovias no Paraguai

De acordo com jornalistas paraguaios no começo da tarde de hoje (18) começaram a chegar reforços para fazer a segurança na região da Ponte da Amizade, em Ciudad del Este. (Fotos: Oscar Florentín/Gentileza)

A Polícia Nacional informou que começaria hoje (18) a desobstruir as vias bloqueadas pelos manifestantes em vários pontos do país, cumprindo as leis que garantem a livre circulação de pessoas.

O anúncio da ação foi feito ontem (17) pelo comandante da polícia, Gilberto Arístides Fleitas, após a reunião de trabalho com o ministro do Interior, Federico González, e membros do Comando Institucional, na sede da pasta do Estado.

“A Polícia vai dar ênfase ao trabalho operacional, de forma a que possam ser abertos os locais de concentração com maior volume de veículos”, disse Fleitas.

(Foto: Agência IP/Divulgação)

Fleitas afirmou que há muitas queixas de pessoas que não podem viajar livremente, empresas que não podem transportar as mercadorias e produtos, e de problemas com a transferência de pessoas doentes, por exemplo.

“Vamos coordenar de forma que eles possam chegar ao destino acima de tudo”, reforçou.

De acordo com o Comandante, a Polícia vai proceder de acordo com a legislação em relação àqueles que necessariamente têm que ser detidos, que querem violar a legislação e evitar o tráfego de veículos.

“Eu e os diretores de polícia temos conversado com muitos sindicatos, empresas, pessoas, para que sejam liberados os veículos que transportam produtos perecíveis”, explicou. Para isso, os motoristas podem entrar em contato com o Sistema 911.

O Sistema 911 também está habilitado para que sejam atendidas e priorizadas aquelas pessoas que estão retidas em um ponto de protesto e que têm necessidade urgente de deslocamento.

“Que liguem para o 911, que forneçam os dados e a Polícia estará lá para atender a urgência. Isso também vale para as empresas”, afirmou.

Ele finalizou dizendo que a Polícia vai atuar de acordo com a capacidade da instituição e dentro dos preceitos legais.

Desbloqueio – De acordo com o LaClave, teve confusão hoje no começo da tarde em Juan E O’leary, quando os policiais chegaram com uma ordem para liberar os veículos que estavam parados há mais de cinco horas em um ponto de bloqueio. 

Cerco – Os caminhoneiros alertaram para a possibilidade de um cerco à cidade de Assunção para reforçar as reivindicações da população, que busca uma saída diante da escalada dos preços dos combustíveis. O setor se posicionou contra o projeto de subsidiar o combustível.

Porém, no começo da tarde de hoje, o presidente do Senado, Óscar Cachito Salomón, explicou que foi feito um acordo com os caminhoneiros. Ele garantiu que o setor concordou com a promessa de reduzir o preço do diesel comum e da gasolina comum em  G. 1.000 (cerca de R$0,72).

Ponte da Amizade – De acordo com jornalistas paraguaios também no começo da tarde começaram a chegar reforços para fazer a segurança na região da Ponte da Amizade, em Ciudad del Este. 

Cris Loose com informações da Agência IP e do Última Hora 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.