FronteiraParaná

Receita Federal apreende eletrônicos e botox em Londrina (PR)

Produtos estavam ocultos nas portas de um veículo abordado na PR-323. (Fotos: Receita Federal/Divulgação)

A Receita Federal apreendeu na última terça-feira (22), mais de 500 ampolas de toxina botulínica em um carro, na PR-323, em Londrina (PR). Os servidores suspeitaram de um veículo proveniente da região de fronteira e fizeram a abordagem.

Durante a vistoria foram localizados eletrônicos e mais de 500 ampolas de toxina botulínica na porta do condutor e no porta-malas do veículo.

As ampolas com a toxina, conhecida popularmente como botox, estavam envoltas em sacolas plásticas com gelo em gel para amenizar a alta temperatura do automóvel. Os produtos foram avaliados em mais de R$ 150 mil.

O armazenamento em temperatura inadequada é apenas um dos problemas decorrentes do comércio ilegal do produto, geralmente usado em procedimentos estéticos. Geralmente, estes produtos são adquiridos de fontes ligadas a criminosos e podem inclusive causar efeitos graves e permanentes nos usuários, que muitas vezes desconhecem a verdadeira origem do produto.

No carro, que foi apreendido, estavam duas pessoas, sendo pai e filha. A motorista foi presa em flagrante e encaminhada à Polícia Federal.

Com informações da Superintendência Regional da Receita Federal na 9ª RF – Paraná e Santa Catarina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.