Paraná

Polícia Civil prende homem por crime contra consumidor e apreende 18 veículos em Curitiba

De acordo com a PCPR, os policiais constataram na revendedora que outros veículos apresentavam distorções nos hodômetros. A perícia irá confirmar se há adulteração. (Foto: Detran-SC/Arquivo)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um homem de 28 anos, em flagrante, por induzir o consumidor a erro, adulteração de sinal identificador de veículo e fraude processual em Curitiba. A prisão ocorreu na sexta-feira (6). Dezoito veículos da revendedora dele foram apreendidos para serem periciados. 

A empresa do estaria expondo carros com hodômetros adulterados. Uma consumidora registrou um  boletim de ocorrência após descobrir em uma concessionária que o veículo que ela havia adquirido da revendedora havia passado por uma revisão três anos antes no mesmo estabelecimento e tinha valor de quilometragem maior do que a marcado no hodômetro atual.

A PCPR apurou que a empresa veiculava propagandas na internet, que indicavam veículos com quilometragem menor, com o objetivo de atrair consumidores.

Com apoio do Instituto de Criminalística, os policiais civis constataram na revendedora que outros veículos apresentavam distorções de hodômetro. A perícia irá confirmar se há adulteração. O preso já responde pelos mesmos crimes desde 2019.

Com informações da PCPR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.