Foz do Iguaçu

Escolas da rede municipal de Foz do Iguaçu receberão lousas digitais interativas

Com o suporte tecnológico, aulas tornam-se mais dinâmicas por meio da praticidade e novas possibilidades pedagógicas. (Foto: Thiago Dutra/PMFI/Divulgação)

Quatro escolas da rede municipal de Ensino de Foz do Iguaçu receberão, na próxima semana, lousas digitais que substituem os quadros analógicos, proporcionando maior interatividade durante as aulas.

O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (22) pela secretária da educação, Maria Justina da Silva, aos diretores das escolas Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, Gabriela Mistral, Benedicto João Cordeiro e Jardim Naipi.

As duas primeiras escolas foram escolhidas para receber os equipamentos por ofertarem o período integral e as outras duas por alcançarem os melhores resultados no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), sendo 7,9 na Benedicto João Cordeiro e 7,8 na Jardim Naipi. O investimento da prefeitura na aquisição das lousas foi de R$ 60 mil.

“Investir em novas tecnologias é abrir um mundo de novas possibilidades aos nossos alunos. Este equipamento permite maior interação e dinamismo na sala de aula, além de contribuir de forma significativa com o trabalho do professor. É um recurso que vem somar no processo de ensino-aprendizagem”, disse a secretária. Segundo ela, as demais escolas da rede também receberão os equipamentos, de forma gradativa.

Tecnologia em sala de aula – A empresa vencedora da licitação fará a instalação dos equipamentos na próxima semana e conduzirá um curso de formação – em data a ser definida – sobre o funcionamento e manuseio da lousa, para professores, coordenadores e diretores das escolas.

A lousa é composta por um quadro de película interativa digital para atividades pedagógicas e uma caneta óptica. Através dela é possível exibir projeções de todos os tamanhos e garantir informações em tempo real. Além do uso do touch screen, a ferramenta garante acesso à internet, suporta materiais multimídia e ainda permite a criação de aulas com alto impacto visual.

Com informações da PMFI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.