BrasilFronteira

Foz do Iguaçu promove ação de vacinação na fronteira entre 13 e 22 de outubro

Unidades de saúde intensificam a atualização do calendário vacinal no período, como parte do projeto “Vacinação nas Fronteiras”, do Ministério da Saúde. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo)

Entre os dias 13 e 22 de outubro, Foz do Iguaçu e Ciudad del Este, no Paraguai, promovem uma ação conjunta para atualização do calendário vacinal de pessoas de todas as idades.

Representantes do Ministério da Saúde estiveram em Foz do Iguaçu nesta semana para o planejamento da ação, que faz parte do projeto “Vacinação nas Fronteiras”. Participaram também representantes da Secretaria Estadual de Saúde e das cidades de Barracão e Santo Antônio do Sudoeste.

O objetivo é aumentar a proteção vacinal nas cidades de fronteira, que possuem uma maior interação diária entre as populações. Pela estratégia do Ministério da Saúde, além de promover ações nas cidades brasileiras dos outros países, os municípios dos países vizinhos são convidados para aderirem à agenda.

De acordo com a coordenadora do Programa de Imunização de Foz do Iguaçu, Adriana Izuka, todas as unidades básicas de saúde serão envolvidas na ação, e serão aplicadas doses de vacinas para atualização da carteirinha, como a contra covid-19, influenza, poliomielite, sarampo, entre outras.

“Todas as vacinas disponíveis no calendário serão aplicadas e serão vacinados tanto estrangeiros como os residentes em Foz”, explica Adriana. “No sábado, dia 22 de outubro, será o Dia D da vacinação, com todas as unidades abertas das 9h às 15h. E na Unidade do Cidade Nova, teremos o apoio do Rotary Club, com brinquedos e outras atrações para incentivar que os pais e responsáveis levem os seus filhos”, ressaltou a coordenadora do programa de imunização.

A secretária municipal de Saúde, Jaqueline Tontini, disse que como temos uma condição diferenciada por sermos uma cidade de fronteira, “é muito importante fazer esse trabalho integrado para garantir ainda mais a proteção e a prevenção para a população e também os visitantes que recebemos diariamente”.

Com informações da PMFI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.