Foz do Iguaçu

Centro de Nutrição faz drive thru para arrecadar leite e doações para as crianças

A ação, em comemoração aos 29 anos da Instituição, será na frente do Centro de Nutrição, na Rua Antônio Raposo, 642, centro. (Foto: Divulgação)

Neste mês de setembro, o Centro de Nutrição Infantil (CENNI) de Foz do Iguaçu está comemorando  29 anos de atuação e, nesta sexta-feira (23), fará um drive thru com o objetivo de arrecadar leites especiais para o estoque que atende centenas de crianças mensalmente.

A ação será realizada na frente da instituição, na Rua Antônio Raposo, 642, no centro da cidade. O horário de atendimento será das 10h00 às 17h00. Será possível doar leites, cestas básicas, roupas, produtos de higiene e limpeza e também as fórmulas infantis para os bebês. Também serão aceitas doações via PIX, através da chave com o número do celular: (45) 98416-1579.

Sobre o CENNI – O centro oferece atendimento e acompanhamento multidisciplinar, incluindo atenção de médicos especialistas, assistência social, fisioterapia, nutrição e psicologia, além de uma equipe de enfermeiros e voluntários da entidade.

Ao todo são mais de 30 profissionais na instituição e estima-se que, até hoje, 35 mil crianças já foram atendidas,

“Quando o Centro foi fundado, atendemos, essencialmente, os casos de desnutrição grave. Hoje, atendemos mais pessoas, mais tipos de distúrbios, como alergias, casos mais graves de autismo, enfim, todas as complicações surgidas ou que envolvem a desnutrição” explica a presidente da entidade, Betina Bauken Grechi.

Hoje, o atendimento é feito por meio de consultas agendadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), hospitais, profissionais da área ou procura espontânea, prestando atendimento à crianças e adolescentes que apresentam desnutrição, baixo peso, alergias alimentares, anemias carenciais, patologias associadas, distúrbios na deglutição, anorexia ou obesidade. Também realiza internamentos, em casos de tratamento ou cuidado intensivo, investigação diagnóstica ou para pacientes que não apresentam melhora.

Há ainda o Centro Materno Infantil, voltado ao atendimento de mulheres brasileiras que residem no Paraguai, promovendo pré-natal, coleta de preventivo, testes rápidos, puericultura, teste do pezinho e imunização através de vacinas.

“Alguns atendimentos que realizamos são feitos através de projetos, então, eles têm uma data de início e fim. Nós gostaríamos que os alguns atendimentos com especialistas fossem permanentes, como cardiopediatria e neuropediatria. Nosso empenho é conscientizar agentes do poder público que isso não pode se perder” explica Betina. “Sei que se não houvesse o Centro, muitas crianças não teriam sobrevivido e muitas mães já teriam chorado.” 

Com Assessoria 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.